marketing-de-conteudo-guia-Indicca

Marketing de conteúdo: guia rápido com tudo o que você precisa saber

Atualizado em 07/04/2020
Por Pedro Henriques

Marketing de conteúdo: guia rápido com tudo o que você precisa saber

Atualizado em 07/04/2020
Por Pedro Henriques
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Certamente, o fato de que o marketing de conteúdo chegou para ficar já não é mais surpresa para ninguém no universo da publicidade e do empreendedorismo. Essa nova forma de promover marcas, por meio da entrega de conteúdo de qualidade, revolucionou o mercado de vendas e consolidou a utilização das ferramentas digitais para atração de clientes.

Em resumo o marketing de conteúdo é uma estratégia que consiste na produção e distribuição de conteúdo de qualidade e relevância para o público consumidor. O marketing de conteúdo não promove a marca de forma direta, mas sim por meio da construção de laços. Os conteúdos produzidos devem mostrar caminhos para a solucionar possíveis dores dos clientes em potencial. Dessa forma o consumidor cria identificação com a marca, passa a confiar nela e posteriormente volta suas atenções para o produto que ela vende.

Poder de escolha do Consumidor

Poucos anos atrás as pessoas eram alvo passivo de uma enxurrada de propagandas veiculadas na televisão. Contudo o foco desses comerciais eram sempre o produto. Hoje em dia o consumidor tem o poder de escolha sobre o conteúdo que deseja consumir. Dificilmente as pessoas se prendem a comerciais convencionais veiculados na TV. Até porque hoje em dia muita gente se informa, se entretém, trabalha e faz compras pela internet. Se um conteúdo não agrada basta fechar a página e partir para outra.

Inegavelmente há quem busque informações online antes de realizar compras em lojas físicas. Mas, é aí que você deve oferecer conteúdos que tenham qualidade suficiente para suprir os desejos do público. Ele já sabe da existência do seu produto. O que ele quer saber é como aquilo é capaz de sanar algum problema pelo qual ele está passando no momento. Antes de mais nada você oferece um conteúdo de qualidade com dicas úteis e/ou ensinamentos, ajuda seu público, cria identificação e a venda se torna uma consequência deste processo.

O marketing de conteúdo não é sobre seu produto, mas sobre as necessidades do seu público.

Planejamento, estratégia e muito Marketing de Conteúdo

Entendeu a força que a criação de conteúdo tem para a reputação da sua marca? Você sabia que o marketing de conteúdo é parte da metodologia de marketing conhecida como Inbound? A premissa do Inbound é a realização de uma abordagem de venda não invasiva. É justamente o que é feito quando se oferta conteúdo capaz de gerar valor para o público. Como resultado você toca o cliente em potencial de forma sutil sem que ele perceba que aquilo tem intenção de venda.

Saindo um pouco da teoria e partindo para a prática é hora de saber que a realização do marketing de conteúdo requer estratégia e planejamento. Escrever um texto com dicas sobre um assunto e publicá-lo na internet não é garantia de resultado. Assim sendo, você precisa traçar seus objetivos a curto e longo prazo, além de planejar cada etapa de execução da estratégia com muito cuidado.

Produção Marketing de Conteúdo

Com toda a certeza, seu conteúdo deve ser produzido para alguém e você precisa conhecer esse alguém. E é aí que está mais uma especificidade que torna o marketing de conteúdo uma estratégia mais certeira e eficaz: a persona. Esqueça tudo que você sabe sobre público alvo, um termo muito abrangente e pouco estratégico. Se seu público alvo são mulheres, por exemplo, você pode estar desperdiçando seu esforço tentando vender para donas de casa, um produto perfeito para mulheres que trabalham o dia todo fora e passam pouco tempo em casa.

Contudo o público alvo, por representar um grupo muito abrangente, não consegue distinguir as necessidades pessoais dos potenciais clientes. Já a persona faz isso perfeitamente. A persona representa um indivíduo com características físicas e sociais. A persona tem nome, idade, endereço, profissão, estado civil, gostos pessoais, entre outras características. Tendo uma ou mais personas traçadas, inegavelmente seu esforço será melhor direcionado e suas chances de conversão serão muito maiores.

Público Alvo

Sabendo para quem você está falando torna menos complicada a missão de desenvolver conteúdo de qualidade. Lembrando que esse conteúdo pode ser veiculado em redes sociais como Facebook, Instagram, Linkedin e Twitter, mas também podem vir em forma de e-mail marketing ou como artigos publicados em blogs. Independente do canal escolhido é importante que você mantenha uma periodicidade de entrega para seu público. E mais uma vez: foque no conteúdo de qualidade.

Não adianta postar todos os dias se a qualidade da produção é ruim. O ideal é começar devagar, com uma frequência de duas a, no máximo, três vezes por semana. Com o tempo você cria autoridade suficiente para aumentar a periodicidade, a diversidade e manter a qualidade do material oferecido. Quando digo diversidade, quero dizer que você não precisa se prender apenas a textos para blogs ou posts com arte e legenda para redes sociais. Você pode oferecer conteúdo em vídeos e e-books, por exemplo. É tudo uma questão de estudar o público consumidor e se planejar.

Além da periodicidade é importante planejar pautas com antecedência e coerência. Você pode se aproveitar de datas comemorativas ou criar uma série de posts com assuntos relacionados, por exemplo.

Adeque seu conteúdo às preferências dos mecanismos de busca

Afinal tão importante quanto o planejamento é a execução da estratégia de marketing de conteúdo. Agora que você já traçou sua(s) persona(s), planejou e produziu seu conteúdo com todo cuidado é hora de disponibilizar para o público. Esse assunto acaba sendo mais direcionado para quem vai publicar os textos em blogs. Primordialmente no momento da publicação é importante estar atento à otimização da página e do conteúdo visando o momento da busca do usuário.

Você deve adequar seu texto utilizando as premissas básicas do SEO (Search Engine Optimization). O SEO engloba uma série de ferramentas e técnicas de otimização para sites, blogs e páginas da web, visando um bom rankeamento orgânico em mecanismos de busca como o Google. Estar bem colocado no resultado das buscas é importante tendo em vista que 90% dos usuários visitam apenas os sites que aparecem na primeira página de resultados.

Sucesso no SEO

Um dos segredos para o sucesso no SEO é a utilização da palavra chave. A palavra chave deve ter força dentro do seu conteúdo e deve ser utilizada também: no título do texto, nos intertítulos, na URL do post, na descrição e no Alt-text das imagens. O SEO é muito mais complexo que apenas a definição e utilização de palavras-chave. Em breve falaremos muito mais sobre isso.

O importante é que agora você já sabe bastante sobre marketing de conteúdo e pode começar a planejar sua execução nos seus negócios. Lembre-se: conquiste seus clientes ouvindo o que eles têm a dizer e suprindo suas necessidades.

Pedro Henriques, aqui no Blog.
Empreendedor da área de tecnologia de segurança da informação. Atendo empresa de pequeno, médio e grande porte.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Marketing de conteúdo: guia rápido com tudo o que você precisa saber.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça nossas soluções nas áreas de segurança, rede de computadores e comunicação.
Share This