Automação residencial: o futuro já começou?
30/04/2019
Marco Civil da Internet
Entenda como vai funcionar a nova lei de proteção de dados
14/05/2019

Inbound: aprenda ser bem sucedido na sua estratégia de marketing

Inbound

Inbound na estragegia de marketing. Praticar marketing digital é imergir no universo do inbound marketing: uma estratégia de conquista de público que visa converter cada vez mais clientes fiéis à marca. Pois o inbound é uma estratégia de marketing que ganhou força e se firmou com o advento da internet e das mídias sociais. O princípio básico do marketing é a produção de conteúdo. Vamos entender melhor como funciona?

Este artigo é pra quem já tentou de diferentes maneiras mas ainda não teve sucesso com o inbound. O que será que você está fazendo de errado na sua estratégia de marketing digital? O artigo é ideal também para quem está procurando maneiras de entrar nesse universo um tanto quanto promissor quando utilizado da maneira correta. Apesar disso não se engane pensando que daremos aqui uma fórmula mágica de sucesso porque ela não existe!

Então o que você precisa fazer para ser bem sucedido em qualquer estratégia de marketing, inclusive o digital, é estudar ao máximo sobre o produto que você tem a oferecer, ouvir sempre o que o seu público tem a dizer e realizar inovações dentro do possível. Assim dentro daquilo que se encaixe com o perfil do seu público e da sua empresa/produto. Porque a realização do inbound marketing consiste basicamente em produzir conteúdo de qualidade e grande relevância para o público.

Vamos dar algumas dicas básicas e pontuais envolvendo os pilares da produção de conteúdo. Então essas dicas vão permitir que você detecte quais foram os erros cometidos no seu primeiro contato com o marketing digital e aplique as correções necessárias para ter sucesso na sua estratégia. Assim quem está começando do zero vai saber exatamente quais são os passos que devem ser dados para o desenvolvimento de uma estratégia de marketing bem sucedida.

Entenda como funciona uma estratégia de marketing digital

É impossível pensar no desenvolvimento de uma estratégia de marketing digital sem falar sobre a produção de conteúdo. Então é por meio deste conteúdo que você vai chamar a atenção do seu cliente potencial, fazer com que ele se interesse em conhecer a sua marca e finalmente opte por comprar seu produto.

O primeiro passo parece óbvio mas acaba não recebendo a devida atenção na maioria das vezes e isso acaba sendo um erro crucial. Dessa maneira ao traçar qualquer estratégia de marketing é importante que você defina quais são os objetivos da campanha que será desenvolvida. Você quer aumentar o reconhecimento (visibilidade) da sua marca? Quer que seu público se engaje mais? Seu produto é uma grande novidade e você quer projetá-lo de maneira positiva e eficaz? Você quer atrair potenciais clientes ou quer converter os que já estão te acompanhando há mais tempo?

Viu como são muitos os objetivos que podem existir por trás do desenvolvimento de uma estratégia de marketing?

Saber exatamente o que sua empresa precisa é essencial para saber o que fazer e principalmente como monitorar os resultados. Pois o monitoramento dos resultados é realizado por meio de métricas e KPIs, para cada um dos objetivos existe uma métrica ou KPI a ser analisado.

Agora que você já sabe quais são os objetivos da sua estratégia de marketing e como é que os resultados serão medidos, é hora de conhecer a fundo a pessoa com quem você vai conversar na execução da sua campanha de marketing: seu cliente potencial. Mas aqui o trabalho é direcionado para além do público alvo. A produção de conteúdo dentro do marketing digital é norteada pelas personas.

A principal diferença da persona para o público alvo é que o segundo abrange todo um grupo de pessoas com características e realidades distintas.

Decerto a empresa que desenvolve sua estratégia de marketing em cima de um público alvo tem que falar sobre seu produto de maneira genérica e apresentando soluções superficiais para conseguir abranger o máximo de pessoas possíveis dentro de um grupo.

Em contraponto a persona representa uma parcela mais específica e pré selecionada dentro do grupo que compõe o que chamamos de público alvo. Pois a persona consiste em um perfil específico de uma pessoa com nome, idade, profissão e diversas características pessoais, sociais e físicas. Decerto ao traçar uma persona você vai conseguir identificar todas as necessidades do seu cliente e vai saber exatamente como seu produto pode agregar na vida dela.

Você pode traçar diferentes perfis de potenciais clientes e desenvolver conteúdos e campanhas diferentes para cada um deles. Aliás essa é uma das grandes sacadas dentro de uma boa estratégia de marketing digital.As personas são a chave para que a próxima etapa saia exatamente do jeitinho que tudo foi planejado no papel. Enfim vamos falar agora sobre a criação de conteúdo aliada às etapas do funil de vendas. Pois é aqui que você vai usar todas as características e necessidades da(s) sua(s) persona(s) a seu favor. Vamos entender como.

Seu site, seu negócio na internet

Estratégia de marketing: conteúdo e funil de vendas

O funil de vendas são as etapas que o consumidor percorre desde o momento em que sente uma necessidade específica até o momento em que decide pela “compra de um produto” que vai satisfazer sua necessidade. Essa trajetória é chamada funil pois a quantidade de pessoas atraídas pela sua estratégia de marketing sempre será maior do que a quantidade convertida em compras.

Entendendo bem como funciona o funil e sabendo em qual das etapas de compra seu cliente potencial se encontra, fica muito mais fácil saber qual tipo de conteúdo deve ser produzido para que ele permaneça interessado na sua marca e avance para a próxima etapa. Assim o funil de vendas vai servir de norte para a sua estratégia de marketing e produção de conteúdo.

Topo do funil

O topo do funil é a parte mais larga e com maior tráfego de pessoas. Este é o momento em que o seu cliente potencial está em busca de informações. Talvez ele queira solucionar um problema, talvez não. Portanto é nesta etapa que são realizadas as pesquisas nos sites de busca e a navegação de página em página. Aqui sua estratégia de marketing e conteúdo têm a missão de chamar atenção e se destacar entre outras tantas campanhas que a persona vai encontrar pelo caminho.

Uma dica de ouro é deixar a publicidade um pouco de lado nesta etapa. Seu cliente não te conhece e não está interessado em você. Ofereça a ele informações sobre contextos aos quais seu produto se aplique mas não ofereça seu produto logo de cara. Entendeu? Se você trabalha com EPI’s por exemplo, desenvolva conteúdos sobre segurança do trabalho. Portanto crie blog posts, e-books ou outros materiais apresentando situações que coloquem a saúde do trabalhador em risco e são passíveis de serem evitadas.

Distribua esses conteúdos entre os mais diversos tipos de trabalhos de risco e atinja diferentes personas. Lembre-se de, nesta etapa, dar mais atenção às necessidades do cliente do que ao seu produto.

Meio do funil

No meio do funil estão aquelas pessoas que já entenderam quais as suas necessidades e/ou problemas e agora querem saber como vão solucioná-los. É nesse momento que sua estratégia de marketing estende a mão ao cliente. Afinal desenvolva conteúdos que apontem possíveis soluções. Além disso seguindo com o exemplo anterior, aqui você vai mostrar a ele quais medidas de segurança devem ser tomadas para poupar a saúde do trabalhador.

Fale com ele sobre os EPI’s mas não jogue seus produtos no colo dele. Deixe que ele os perceba e se interesse espontaneamente. Essa é a essência do inbound: seduzir o consumidor com informações relevantes mas deixar que ele faça suas escolhas sozinho (ou pelo menos que ele pense que foi assim).

Fundo do funil

O cliente que chegou ao fundo do funil está praticamente certo de que irá realizar a compra. Este é o momento certo para que você forneça todas as informações que ele ainda não sabe sobre o seu produto. Fale sobre tudo o que você tem oferecer e não deixe faltar nenhuma informação. Lembre-se de indicar todas as formas que ele tem de te encontrar, de encontrar seu produto e de finalizar a compra.

Cuidado para não transformar essa etapa em conteúdo maçante. Aproveite para falar de você por terceiros. Use depoimentos e experiências positivas conquistadas anteriormente. Lance mão de ferramentas mais aproximadoras como o e-mail marketing.

Escolha o canal de comunicação correto para cada etapa da sua estratégia de marketing

Desse modo sua estratégia de marketing de conteúdo pode ser desenvolvida por meio de várias ferramentas que a internet coloca à sua disposição: blog; mídias sociais (Twitter, Facebook e Instagram); e-books; e-mail marketing e algumas outras ferramentas que podem inclusive ser utilizadas de maneira simultânea. Tudo vai depender do seu planejamento.

Seu site, seu negócio na internet

Sua estratégia de marketing não acaba quando termina

Você executou um planejamento perfeito na sua estratégia de marketing: traçou objetivos; identificou personas; entendeu o funil de vendas; produziu conteúdo específico para cada etapa e persona; analisou métricas e converteu vendas. O problema é que os clientes compram uma vez e não voltam mais.

Isso significa que seu pós venda não está sendo trabalhado corretamente. Enfim investir em um bom relacionamento pós venda é essencial. Sendo assim, falaremos sobre isso em breve!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligamos para Você