Desastre tecnológico – Como sobreviver?

Atualizado em 16/12/2011
Por Pedro Henriques

Desastre tecnológico – Como sobreviver?

Atualizado em 16/12/2011
Por Pedro Henriques
      Desastre tecnológico – Como sobreviver? É uma questão de planejamento, estratégia e com toda certeza, no ambiente de TI (Informática) é questão de plano de contingência!
       Quem nunca perdeu informações importantes?
Desastre tecnológicoDesastre tecnológico
    Quem ao trocar de celular não teve que digitar todos os contatos e agendamentos novamente? Parece complicado neste mundo de contexto compartilhado, onde tudo está na nuvem!
Quem ao trocar de notebook ou computador teve o ambiente igual ou todas as informações disponíveis?
     O desastre tecnológico não precisa significar perdas, principalmente em ambientes controlados, como o da Informática. Neste ambiente há a possibilidade de monitoramento e controle. Assim é também possível definir ponteiros de alerta que permitam intervir, antes mesmo de uma condição crítica de interrupção.
     Como pensar em um problema deste tamanho em tempos em que são necessários  tranquilidade e eficiência ao mesmo tempo?
     A nuvem é uma estratégia, principalmente porque terceiriza um setor que normalmente está fora da atividade principal e justifica além de investimentos, tempo em acompanhamento e até mesmo tomada de decisões.

Desastre tecnológico – Como sobreviver?

   A atividade da empresa está relacionada a serviço ou venda, colocando a informática como infraestrutura. Diante da demanda de mobilidade, segurança, contingência e tantos outros pontos necessários para o funcionamento, é necessário profissionalizar-se e ter um maior comprometimento.     Uma falha em qualquer setor de infraestrutura, como ponderado nos questionamentos do início do texto, comprometem a empresa e suas atividades fins.
   Manter funcionando uma Solução de Informática em condição de nuvem significa usar um recurso de custo mensal. Repassar a um terceiro através de Outsourcing a responsabilidade das questões específicas e assim direcionar os esforços e recursos da empresa para a atividade de serviço ou venda que é a finalidade principal do negócio.
    A discussão pode ser concluída sempre entendendo o tamanho do problema e da solução assistida ou pretendida. A decisão não deve ser tomada com base em desinformação, mas em informação precisa do que acontece, quando acontece, quanto custa e sobretudo das alternativas para se comparar.
   É sempre uma questão de estratégia, planejamento e conhecimento. 

Tem interesse em algum produto ou solução, quer que façamos contato, preencha o formulário, Registre o seu Interesse.

Registre o seu comentário, logo abaixo tem um espaço dedicado a você, nosso leitor, para comentar, criticar e pedir mais.

 
Pedro Henriques, aqui no Blog.
Empreendedor da área de tecnologia de segurança da informação. Atendo empresa de pequeno, médio e grande porte.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Desastre tecnológico – Como sobreviver?.


2 Comentários

  1. Pedro Henriques Guimarães Filho

    Catástrofe pode ser dramático….mas vai perder e verá:
    + arquivos da contabilidade na véspera de ter que entregar os dados a Receita!!!
    + perca o contas a pagar…pior quem sabe corrompe o contas a receber!!!!
    + troque de telefone e perca os contatos; agenda e anotações….
    + percas os e-mails e nele todos os documentos anexados que justificam um agenda de trabalho

    é dramático e complexo, a informatica é um setor de grande preocupação, pelo menos deveria ser!

    Responder
  2. Pedro Henriques Guimarães Filho

    Existe uma lei na informática que ou o usuário já perdeu algum dado ou informação, ou ainda vai perder.

    Trabalhe as contingências e prevenções para evitar entrar para a estatística.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Conheça nossas soluções nas áreas de segurança, rede de computadores e comunicação.
Share This