Servidor na nuvem, uma realidade ou futuro nas empresas?
03/04/2018
Aproveite o melhor do Office 365 Microsoft
Aproveite o melhor do Office 365 Microsoft
16/04/2018

Legalize sua licença Microsoft

Legalize sua licença Microsoft

Para começar nossa conversa sobre os tipos de licenciamento da Microsoft e sua importância. Precisamos entender a importância de se obter uma licença e utilizar um serviço de maneira segura e legal. A licença de um software por exemplo, fornece o direito de instalar, utilizar, acessar, exibir, executar, ou interagir legalmente, com um programa. Funciona basicamente como um contrato entre o fornecedor, (Microsoft) e o consumidor final (você).

Legalize sua licença Microsoft e mantenha sua empresa segura

A Microsoft oferece diversas opções de licença e cabe a você escolher qual se encaixa melhor com o seu negócio. Nós vamos conversar neste artigo sobre o Licenciamento de Caixa (Full Packaged Product – FPP), o Licenciamento OEM  e o Licenciamento por volume. Portanto fazer a melhor escolha entre os licenciamentos disponibilizados pela Microsoft pode ajudar sua empresa a reduzir custos. Além disso pode obter opções de compras mais personalizadas e melhorar o gerenciamento de software.

software regularizado tem direito as atualizações de correção – Segurança da Informação!

O ciclo de vida de uma licença Microsoft

 

Você sabia que as licenças da Microsoft podem possuir dois diferentes tipos de vida? Em outras palavras elas podem ser permanentes ou não. As licenças permanentes da Microsoft possuem validade desde que o software esteja sendo usado de acordo com o contrato de licença e seus termos. Já as licenças não permanentes, conhecidas também como licenças de assinatura, são temporárias e fornecem o direito de usar pelo período da assinatura paga. As licenças negociadas como assinatura sofreram a transformação digital, o produto se transformou em serviço sobre demanda. Paga quando usar.

 

Por exemplo: o produto Microsoft adquirido pode ser usado até o fim do termo do contrato. Ou até o aniversário da data de vigor do contrato se o uso estiver de acordo com os termos. Em resumo as licenças não permanentes são válidas somente através de determinados programas de licenciamento por volume da Microsoft.

Legalize sua licença Microsoft

 

Os diferentes tipos de licenciamento da Microsoft

 

  • Licenciamento de Caixa (Full Packaged Product – FPP)

O Licenciamento de Caixa da Microsoft se refere aos produtos licenciados que podem ser adquiridos em lojas de varejo ou com qualquer revendedor de software. A licença FPP é permanente e vem acompanhada de um DVD para instalação. Este tipo de licença Microsoft é ideal para uso doméstico ou para empresas que possuem até cinco computadores.

 

Cada caixinha adquirida vem acompanhada de uma chave para ativação do software e por este motivo é necessário mantê-la em segurança. O licenciamento FPP não lhe dá o direito ao uso de versões anteriores do software adquirido e para ter direito de utilizar as futuras versões do mesmo, você deve contratar o Software Assurance em até 90 dias após a compra da Caixinha FPP.

 

O Software Assurance, é oferecido pela Microsoft para fornecer manutenção completa. Seu papel é auxiliar para que o comprador obtenha o máximo do seu investimento no software. O software mais recente é combinado com benefícios, como suporte por telefone, serviços do partner, treinamentos e ferramentas de TI. O Software Assurance da Microsoft pode ser incluído na compra das licenças e seus benefícios podem ser utilizados imediatamente após a compra de acordo com os benefícios previstos e os termos da sua cobertura. A partir da segunda compra, a aquisição é de renovação de contrato, por consequência mais barato.

 

  • Licenciamento OEM (Original Equipment Manufacturer)

Este tipo de licenciamento funciona quando você compra um computador ou servidor que já vem com softwares ou produtos da Microsoft pré-instalados. Neste caso o hardware é fornecido com uma ou mais licenças individuais. Por estar ligada à máquina, a licença OEM não pode ser reinstalada em outro equipamento. Para isso é necessário comprar outra licença caso seu computador ou servidor  seja substituído.

O licenciamento OEM é a maneira mais barata de adquirir uma licença Microsoft. Por outro lado, como é uma licença presa ao computador, caso haja algum dano irreversível à máquina, a licença é perdida e não existe maneira de recuperá-la.

  • Licenciamento por volume

O licenciamento por volume da Microsoft é o mais indicado para empresas de médio ou grande porte.  Ou seja empresas que necessitam da execução de muitos softwares em diferentes máquinas e preferem fazer isso através de uma único contrato.

Obtendo as licenças através dos programas de licenciamento por volume da Microsoft, você paga apenas pela licença de software. Isso a difere do software na caixa por exemplo, já que ele a inclui mídia (o CD-ROM ou DVD), um guia de usuário e outros itens da embalagem. Eliminando estes custos físicos. Sem dúvida comprando as licenças por volume da Microsoft o custo é reduzido. Em resumo o licenciamento se torna mais personalizado e o gerenciamento do software é aprimorado.

Dentro do Licenciamento por volume da Microsoft estão 4 subcategorias. A primeira delas é o Open License. O Open License é um programa de licenciamento da Microsoft direcionado para as empresas. Empresas  que desejam adquirir cinco ou mais licenças de um determinado título de software. Quem opta por participar do Open License, pode acessar as informações através do Portal Microsoft. O portal do licenciamento através do Centro de Atendimento de Licenciamento por Volume – VLSC.

Legalize sua licença Microsoft e mantenha sua empresa segura

As atualizações de segurança minimizam as falhas de segurança!

A segunda subcategoria é o Open Value. Por isto através desse programa, as empresas conseguem manter seus softwares Microsoft sempre atualizados por meio do Software Assurance. A partir do pedido de cinco licenças ou mais o pagamento é dividido em parcelas anuais. Caso a empresa opte pelo âmbito corporativo a economia realizada pode ser ainda maior.

Outra subcategoria pertencente ao Licenciamento por Volume da Microsoft é o Select Plus. Modalidade perfeita para as empresas que possuem um número igual ou superior a duzentos e cinquenta máquinas. Através do Select Plus é possível prever  e programar a aquisição das licenças Microsoft por um período de até três anos. As empresas recebem um nível de preço para cada grupo que for selecionado entre aplicativos, sistemas ou servidores.

 

Por fim temos o Enterprise Agreement. Uma modalidade do licenciamento em volume da Microsoft destinado a empresas com mais de duzentos e cinquenta máquinas. Nesse sentido desejam padronizar certos produtos pagando preços especiais e fazendo uma assinatura por isso.

 

Porque obter a licença Microsoft (Segurança da Informação – Atualizações e Melhorias)

 

Obter uma licença da Microsoft é importante pois mantém em dia todas as atualizações de software.  Bem como as atualizações de segurança, essenciais em tempos onde ataques cibernéticos são tão recorrentes. Da mesma forma tendo a licença em dia, você também recebe todo o suporte necessário para resolver os problemas de funcionalidade e usabilidade. A atualização funciona como método de prevenção e só funciona quando o produto em uso é autêntico, ou seja, licenciado. Obter a licença Microsoft é uma ação diretamente ligada à segurança da informação.

Texto da Agência Salmão

Comentários

comentários

Pedro Henriques
Pedro Henriques
Fundador da INDICCA / Gestor Comercial e Novas Tecnologias / Engenheiro Eletricista - UFJF

4 Comentários

  1. Cristiano Monteiro disse:

    O licenciamento é importante não só nos produtos Microsoft, mas principalmente nos software onde a assinatura garante o suporte e a evolução da tecnologia. Produtos da Veritas, Symantec e Oracle possuem essa modalidade de renovação do suporte, o que garante sempre a versão mais recente do software e a possibilidade de acesso ao suporte.
    Outro ponto crítico do uso de software não licenciado é a utilização dos chamados “cracks” e “keygens”. Estes programas normalmente trazem consigo um trojan ou worm possibilitando por exemplo que o invasor tenha acesso ou controle ao micro do usuário, abrindo uma porta para uma ação de sequestro de dados por exemplo.

  2. Claudia disse:

    A legalização das licenças, não só da Microsoft, são essenciais por questões legais e de segurança em função da necessidade de manter tudo sempre atualizado. Muito bom o texto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligamos para Você