Boas_Praticas_para_Seguranca_de_dados_Indicca

Boas práticas para segurança dos dados

Atualizado em 07/04/2021
Por Pedro Henriques

Boas práticas para segurança dos dados

Atualizado em 07/04/2021
Por Pedro Henriques
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Reaprender sobre segurança dos dados é um requisito de sobrevivência.

Fazer analogia com o ambiente conhecido para assim facilitar o aprendizado de contextos mais complicados ou complexos. 

A internet está cada vez mais um mundo popular. De fato, a pandemia, ou a prevenção ao COVID, transformaram a nova era digital. Posto que, por restrição de uso, saímos das ruas e estamos no mundo web de sites e rede social, esta tendência só faz crescer. Desta forma influenciado pelo Google, Youtube, Facebook e tantos outros, o mundo da tela do celular vai se tornando obrigatório. 

Reaprender sobre segurança é um requisito de sobrevivência. 

Por consequência, as questões de segurança ganham conotação diferente. Por mais que estejamos adultos e cheios de conhecimento, neste universo novo, a condição de inocência pode ser um problema. Em outras palavras precisamos reaprender ou aprender a desaprender para aprender novamente.  

Conceitos podem ser a base das questões e novas perguntas. 

Então quem já não escutou ou disse:  

  • Nunca fale com estranhos; 
  • Não aceite presentes de pessoas que você não conhece; 
  • Não faça negócios sem antes conhecer o seu cliente; 
  • Mantenha segredo, isto é a chave do sucesso; 

O mundo novo pode parecer diferente! 

São questões que valiam e que agora parecem estar em xeque. Quem conhece todas as conexões da rede social? Como não aceitar um livro digital (e-Book), uma mentoria (consultoria via internet), que o robô lhe entrega como isca do Marketing Digital? Como conhecer todos os clientes e saber se tem crédito bom, negociando pela internet? Neste modelo de saturação da exposição, como manter segredo? Posto que o propósito tem sido exatamente o contrário. 

Conhecer pode ser a base deste modelo de conhecimento e segurança dos dados. 

Quanto mais aprendemos vamos perceber que os conceitos de segurança continuam valendo, eventualmente com uma entrega diferente. Desta forma a entrega, como se apresenta, como chega a você, a mim e a todos usuários pode vir um pouco diferente. Por consequência devemos estar atentos e preparados.  

Prevenção é a alma do negócio. 

No momento que entramos neste universo novo se torna necessário aprender sobre algumas regras de sobrevivência: 

1 – Nem todo mundo é um JEDI, ou seja, está do lado FORÇA;

a – Um site seguro não tem notificação, ele está em HTTPS. Por outro lado, um site não seguro é registrado no topo da tela, eventualmente com alerta POP UP, sendo assim por que acessar se tantos alertas de PERIGO foram acionados? 

2 – No teclado existe uma <TECLA>, o <ENTER> que confirma sua intenção de fazer; 

a – No teclado existe uma <TECLA>, o <ENTER> que confirma sua intenção de fazer; 

b – Na dúvida consulte um especialista ou não tecle no <ENTER>; 

Prevenção neste caso pode ser trabalhada com atitudes e aplicativos de segurança dos dados 

a – Ter um backup é uma regra de sobrevivência e evita o retrabalho no caso de perda; 

b – Ter um antivírus é uma condição de VACINA, se serve para prevenção da GRIPE e do COVID, por que não aplicar no seu universo AVATAR DIGITAL do computador? 

c – Manter todos os aplicativos atualizados pode não ser uma função fácil para o usuário, no entanto precisa ser feita regularmente. Assim como a troca do óleo do carro ou higienização do filtro de ar para evitar doenças respiratórias com a contaminação do Ar-Condicionado; 

Assim o modelo que vem se consolidando de conexão precisa de atenção e cuidados. Em outras palavras, o computador se tornou uma porta de acesso a sala de aula, parque de diversão, cinema e tantas outras atividades. Esteja seguro! Seja preventivo! Na dúvida consulte um especialista.  

Pedro Henriques, aqui no Blog.
Empreendedor da área de tecnologia de segurança da informação. Atendo empresa de pequeno, médio e grande porte.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Boas práticas para segurança dos dados.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça nossas soluções nas áreas de segurança, rede de computadores e comunicação.
Share This